Banda Yunick – Restart Gospel

Hoje eu acordei feliz, fui na igreja orar e depois quando começou a hora de trabalhar e acessar as redes sociais (isso faz parte de um dos meus empregos) vi uma coisa que me espantou, que me deixou estupefado, quase gritei e ainda falei para minha mãe: 

“Mãe, depois não querem que eu critique né?”   

Pois bem, o que vi foi um título de notícia no site Creio e não cri, não acreditei mesmo no que estáva escrito… depois de tomar mais um pouco de café, decidi escrever e tive que Crer, pois estava escrito no Creio.com.br  

Olhem e me digam se isso é título “coerente”:  

RESTART GOSPEL? SIM, ELES EXISTEM!  

Eu me pergunto:  Desde quando temos que ter tudo em versão Gospel?  

Não temos!  

Na verdade, não estou criticando a banda, até pretendo ouvir as músicas deles e comentar no blog, pois sou muito eclético quando se trata de músicas.  

A minha reflexão está mais na parte do pensamento de consumismo, gerado pela busca de produtos gospel, que gera um mercado gospel doente e que na verdade: mais parece com uma prostituta que se vende para conseguir alguma coisa em troca.  

Um dia alguém me falou de uma outra banda, que se chama “Rede Ativa” e diziam assim:  

Meuuuu, os caras são o Charlie Brown Jr versão gospel  

Mas como o assunto é a notícia e não a Banda Yunick ou Rede Ativa vejam como descreveram a banda na matéria:   

Eles são coloridos, tocam baladas pop rock românticas e tem estilos semelhantes a bandas como Restart, Fresno ou NX-Zero. Assim é a banda Yunick formada em janeiro de 2009 que chega ao cenário gospel com uma proposta diferenciada. Com idades na casa dos 20 anos, eles têm cabelos bagunçados e chegaram a música gospel com CD “Deus está no controle”. “Somos coloridos porque nós gostamos e não simplesmente seguimos moda. Nossa música é uma uma tendência que veio da gringa e resolvemos levar o estilo pro gospel”.   

Eu realmente não entendo o motivo que leva algumas pessoas a quererem tudo gospel, daqui a alguns dias vão criar refrigerante, água, sabonete, Televisão, chaveiros gospel… Na verdade já criaram :(  

Confiram a foto da Banda Yunick:  

Banda Yunick - Restart Gospel

Banda Yunick - Restart Gospel

Comments

  • Rodrigo hdD
    Responder

    Conheço os caras. Sei que são crentes. Que são adorarores e que querem ganhar almas. O foco deles não é comércio cristão (goéshpel*). A música é boa. O que acontece é: como os crentes, a mídia gospel e os críticos veem e passam adiante o que veem da banda. A matéria que te assustou realmente pinta a banda como uma “alternativa” pra quem gosta de Restart poder ouvir um som sem sentir remorso/culpa. E não é disso que se trata. O fato de parecer com o referencial secular funciona mais como uma forma de se inserir na cultura secular do que trazê-la para dentro da igreja. As portas do inferno tem que ceder, e o cristão usar as ferramentas que lhe estiverem disponíveis para avançar, adentrar e conquistar.
    Eles trabalharam voluntariamente no Dia do Impacto, um evento que coordenei em Embu das Artes, e fizeram o encerramento tocando ao vivo na praça, no chão mesmo, no meio do povo, não só cantaram, trouxeram uma mensagem para essa geração, houve apelo e vidas foram tocadas.
    Eles não são o que a mídia gospel ingenuamente (ou não) tem passado.

    Confiram no diadoimpacto.blogspot.com registros de sua participação.

  • Fernandes
    Responder

    Realmente, é o cumulo do absurdo….
    Totalmente sem unção nenhuma….
    Puro comercio….
    cuidados garotas….

  • Lucas Dantas
    Responder

    Cara, eu desabafei com isso.
    Eu vi fotos antigas deles, e vi que o estilo foi se adaptando ao que o mundo estava desejando. Segundo o nosso amigo Rodrigo aqui, eles são uma alternativa pra quem quer ouvir restart e louvar ao Senhor. Precisa mesmo disso ? O Senhor quer o nosso cantico, e não nosso cantico colorido. Eu creio que José, filho de Jacó, se visse isso, estaria orgulhoso de ter perdido aquele manto colorido.
    Graça e Paz !

  • isly
    Responder

    os cas são bossal

  • Marco
    Responder

    Não irei julgá-los, apenas dizer: CUIDADO!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Não seria uma desculpa deles apenas para seguir o padrão do mundo?

    Não sei de nada, apenas Deus sabe!!!!
    Mas acho que não convém isso…Temos que imitar a Jesus e será que ele manteria a aparência como a desses rapazes para se infiltrar no mundo e evangelizar???

    Acredito que a palavra de Deus tenha o poder suficiente para converter pessoas sem seguir um padrão de aparência mundano.

    É apenas minha opinião.

  • Michy
    Responder

    Eu particularmente não gosto de restart, mas como sou lider de jovens na igreja, estava buscando algo que os jovens gostam, mas que fosse evangélico, para que eles não se sentissem tão fora do q eles gostam, pensei: melhor ouvir Yunick do que restart!

    Mas depois de ler o depoimento do Marco, vi que pode ter um perigo nisso pois a bíblia diz que não devemos ter ídolos…

    E como Marco disse: acho que não convém isso…Temos que imitar a Jesus e será que ele manteria a aparência como a desses rapazes para se infiltrar no mundo e evangelizar???

    Acho q não neh?!?!rsrs

    Vou procurar algo mais Cristocentrico p/ os jovens…

    Até pq ouvindo as músicas desses rapazes Yunick e restart, se vc só ouvir e não prestar atenção na letra é a mesma coisa.

  • fabiana alves
    Responder

    Pois bem acho que vcs evangelicos são cheios de critica para com isso pois desde que eles estejam ganhando alma pra Jesus é o que importa .

  • CARLOS
    Responder

    Esta história se repete, sou cente desde criança, e esse tipo de modismo como esta banda” os coloridos”, estragam a vida de muitos jovens que terminam se desviando e depois eles mesmos se revelam quem são, pois o evangelho não é brincadeira, não é imitar o mundo imundo, e vocês se vestem de crente, mas Deus os julgará, pois vocês não pertencem a verdadeira igreja de Cristo edepois vão embora…é uma onda que passa como muitas bandas que conheci, extragaram jovens incautos das igrejas, e depois estavam na midia secular dizendo que não eram evangelicas. DEUS JULGARÁ ESTA BANDA E QUEM A PROMOVE…..

  • Liaah
    Responder

    Boon eu sou amiga deles,
    e eles sao bençaan pura ja vi gente sendo batizada con o espirito santo ouvindo a musica deles , poucha temos tanta coisa que noos preocupar!
    Eles sao uns amores numa oprtunidade ouçaan ele no myspace.com/yunickrock …

    Que Deus ilumine a mentee de vooç’s naos devemos atirar predras eiin quen nao conheçemos..

  • Tiago
    Responder

    Cuidado! nos evangelicos não devemos so evangelizar com as músicas ou com a Palavra mais o nosso modo de ser tbm e o modo de ser comporta e se vestir devemos dar testemunhos d tudo pq o mundo so quer uma brecha pra nos caluniar então cuidado

  • Marcelo
    Responder

    Cara na minha opinião os caras tão fazendo certo, pq Deus escolheu as coisas loucas do mundo, não sou fã do estilo colorido, mas achei bom a ideia, pq se alguem que gosta de restart no mundo vai vim pra igreja e ouvir o que??? vai ouvir hinos da harpa? musica pentecostal??? isso que vcs tão fazendo pra mim é hipocrisia…. enquanto tem jovem morrendo por ai tem gente preocupada com estilinho de bandas… a por favor neh….

  • elvys lima
    Responder

    Deus abnçou os ritmos musicais, mais tem a diferença do que e de Deus e do que e do capiroto.
    esses”restarts gospel” são claramente uma imitaçao,onde vamos para?DEUS ñ precisa de pocarias do mundo, ele quer verdadeiros adoradores.
    essa moda colorida da nojo parece o ”o arco iris gay”.

  • luan
    Responder


    Fernandes:

    Realmente, é o cumulo do absurdo….
    Totalmente sem unção nenhuma….
    Puro comercio….
    cuidados garotas….

    Adorar a Deus nãoo ée só musica romantica e melosa. Nãoo importa o estilo, Deus olha CORAÇÃOO